Café




O prazer dos portugueses.


A nutrição é uma ciência e por isso a controvérsia existe hoje e existirá sempre e o café

e os seus benefícios não são excepção.


É uma bebida composta por uma complexa mistura com mais de 1000 compostos

bioativos com ação antioxidante, anti-inflamatória e anticancerígena para alguns tipos

de cancro.


De uma forma geral a literatura sugere que o consumo moderado de café de 3-4

chávenas por dia (cada uma com perto de 230ml e com 100 ml de cafeína) poderá

trazer alguns benefícios.


Parece ter um efeito positivo a nível cognitivo, metabólico e hepático quando não

existem patologias associadas.

O que importa aqui referir é aquilo que se adiciona ao café no seu consumo, como por

exemplo, o açúcar.


A ingestão excessiva de açúcares simples, acrescentando apenas valor energético

(kcal), tem sido associada ao excesso de peso e obesidade e consequentemente ao

desenvolvimento de doenças crónicas.


Estas doenças são a nível mundial, a principal causa de mortalidade, tendo no ano de

2012 chegado aos 68% de causas de morte.


A boa notícia é que os hábitos alimentares são um dos principais fatores de risco

modificáveis, pelo que cabe a cada um de nós fazer as suas escolhas.


É simples perceber que ao consumir 3 cafés por dia, cada um deles com um pacote de

açúcar, facilmente chegamos ao máximo de açúcar diário que deveríamos ingerir (10%

do valor energético diário segundo a OMS)


O açúcar contribui para um acrescento de valor energético (kcal), sem acrescentar

valor nutricional interessante.

Quando falamos em perda de peso por exemplo é essencial contabilizar todos os

factores que se acham ser muitas vezes PORMENORES mas são sem dúvida,

PORMAIORES.


A ingestão de apenas 1 pacote de açúcar em cada café ingerido, assumindo que a

ingestão é de 3 por dia, equivale a 48kcal diárias a mais. Este valor energético equivale

à ingestão de 1 porção (160g) de algumas frutas, tais como os morangos.


Ao final de 1 semana, se ingerirmos os mesmos 3 cafés diários cada um com 1 pacote de açúcar estamos a falar de 336kcal, o equivalente ao valor energético de um almoço nutricionalmente e energeticamente equilibrado.


Ao final de 1 mês equivale a 1344kcal e ao final de 1 ano equivale a 16128 kcal, que

são 10 vezes 1500 kcal.


RETIRAR GRADUALMENTE O AÇÚCAR, ADICIONAR CANELA OU ERVAS AROMÁTICAS COMO UM PEDAÇO DE GENGIBRE OU OPTAR POR BEBER UM CHÁ PODEM SER ESTRATÉGIAS PARA DIMINUIR ESTE CONSUMO

Trate bem de si e escolha ser mais saudável e consciente!


Factos Nutricionais:


100ml de Café (sem açúcar):


Calorias: 1 | Gordura: 0,02g | Hidratos de Carbono: 0,04g | Proteína: 0,12g

Sódio: 2mg | Potássio: 47mg

100ml de café com açúcar (1 colher de chá, 5g):


Calorias: 16 | Gordura: 0,01g | Hidratos de Carbono: 4,03g | Proteína: 0,11g |

100ml de café com 1 pacote de açúcar (8/9g):

Calorias: 23 | Gordura: 0,01g | Hidratos de Carbono: 6g

Proteína: 0,11g

3 Cafés com açúcar =48kcal. 160 g de morangos têm 51kcal

1 Café todos os dias com açúcar = 112kcal ao final da semana.

Ao final de 1mês 448 kcal.


2 Cafés todos os dias com açúcar = 224kcal


Ao final de 1mês 896 kcal

Ao final de 1 ano 2688 kcal


3 Cafés todos os dias com açúcar = 336kcal

Ao final de 1mês 1344kcal

1 ano 16128kcal. 10 vezes 1500 kcal



Referências: Poole, R., Kennedy, O. J., Roderick, P., Fallowfield, J. A., Hayes, P. C., & Parkes, J. (2017). Coffee consumption and health:

umbrella review of meta-analyses of multiple health outcomes. Bmj, 359, j5024. | Redução do consumo de açúcar em Portugal: Evidência que

justifica ação. 2016



#agitakalorias #cafe

510 visualizações

Mais informações:

agitakalorias@gmail.com

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

© 2019 por Daniela Duarte.